Projecto Animar - Capacitar para Agir em Rede

O projeto “ANIMAR - Capacitar para Agir em REDE”, financiado ao abrigo do aviso Nº POISE-39-2015-02, apoiou a ANIMAR num processo de reflexão e redefinição da sua missão, visão e princípios de atuação, que foram essenciais num período de mudança organizacional e de consolidação de um plano estratégico da entidade.

O processo de capacitação institucional permitiu à ANIMAR posicionar-se enquanto uma Rede de capacitação entre pares e de inovação social e societária, que representa uma diversidade de organizações, de agentes e de contextos de atuação, que defendem um modelo de desenvolvimento construído com base na participação, na igualdade e na solidariedade para uma maior coesão social.

Tendo proporcionado importantes resultados de capacitação institucional, reforço do trabalho em rede e de proximidade dos serviços centrais à REDE, intensificação de processos de gestão adaptados à economia social e dos meios técnicos e tecnológicos e fortalecimento da inovação e empreendedorismo social, o projeto contribuiu para uma melhoria significativa de desempenho da ANIMAR nas suas diferentes áreas de atuação institucional e operacional, pelo que destacamos os principais resultados alcançados:

  • Criação e disponibilização de área reservada a associados com conteúdos formativos decorrentes das ações realizadas (90H) e disponibilização de instrumentos de apoio à gestão (consultar área reservada no site da Animar);

  • Acreditação da ANIMAR pela DGERT nos domínios da Sociologia e Outros, Gestão e Administração e Informática na ótica do utilizador;

  • Consultoria interna de 100H para melhoria de procedimentos e instrumentos de gestão;

  • Manual de Apoio à Contratação Pública para entidades da Economia Social (consultar área reservada no site da Animar);

  • Auditoria Financeira, bem como um relatório de recomendações gerais para as entidades da REDE ANIMAR;

  • Apoio à realização de iniciativas: Seminário “Políticas De Valorização Da Agricultura Familiar”, MANIFesta e Fórum do Interior com participação de mais de 430 pessoas e 100 organizações;

  • Representação em mais de duas dezenas de Fóruns, Comissões e Iniciativas de âmbito nacional no âmbito das quais afirmámos o papel do desenvolvimento local em Portugal e defendemos os interesses das entidades associadas à REDE ANIMAR;

  • Presença assídua em grupos de trabalho estratégicos: Estratégia Luta contra a Pobreza promovido pela EAPN; Comissão Organizadora do Fórum das Finanças Éticas; Conselho Municipal para a Igualdade de Lisboa; Conselho Consultivo da Carta para a Diversidade; Grupos de Trabalho do CNES – Estatuto Fiscal para o Sector da Economia Social e Congresso Nacional de Economia Social;

  • Apoio e dinamização da Rede de associados/as – melhoria da comunicação com associados (informação via newsletters), participações e presenças da equipa junto das associadas, reuniões Skype, apoio à elaboração de candidaturas, apoio jurídico, entre outras;

  • Processo de ação descentralizada da ANIMAR junto das suas associadas: apoio de 4 dinamizadores/as regionais para apoio à criação de uma estratégia de organização territorial dos associados da Rede;

  • Levantamento, identificação e inventariação do Catálogo de Produtos e Serviços da REDE ANIMAR;

  • Equipamentos informáticos que permitiram a melhoria das condições de trabalho – computadores, sistema de vídeo conferência, etc;

  • Desenvolvimento, criação e implementação da nova imagem ANIMAR;

  • Realização de um vídeo institucional;
  • Modernização do site institucional em articulação com a Agência animar.COM;

  • Melhoria da Agência animar.COM na componente da comunicação – produção de vídeos e publicação temática, espaço de disseminação de boas práticas;

  • Reforço de materiais de mershandising de apoio à afirmação da organização em diferentes fóruns representativos.

 

Em termos de avaliação do projeto importa comunicar que o estudo de opinião junto das organizações associadas da ANIMAR indicou que:

  1. a) 74,1% das organizações respondentes considera que a Rede ANIMAR “melhorou” o seu desempenho com base na sua eficácia de atuação, contra 25,9% dos respondentes declarando que a mesma “não melhorou”;
  1. b) das 62 organizações inquiridas, 56 delas (ou seja, 90,3%) consideram que houve melhorias de desempenho na eficácia da atuação da ANIMAR em pelo menos um dos domínios considerados. E 37 organizações (59,7%) identificam essa melhoria da eficácia em pelo menos metade dos domínios em causa.

POISE-2020-UE

 

Redes e Parcerias

Parceiro1 Cases   Parceiro2 Ripess   Parceiro3 CNES   Parceiro4 Comuna Carta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

 financiadores02 financiadores03 financiadores04