inovacao cor barra 2d4f04

Práticas de Inovação Social

Itinerâncias Sociais e Culturais com Séniores Barrosões

1. Identificação da Entidade – Prática

Qual a designação da prática: Itinerâncias Sociais e Culturais com Séniores Barrosões
Prática em: Referenciação
Entidade Responsável pela Prática: Município de Montalegre /Biblioteca Municipal
Pessoa de Contato na Entidade: Maria Gorete Barroso Afonso
E-mail: gorete.afonso@gmail.com
Página Web e/ou Redes Sociais: http://www.cm-montalegre.pt/
Telefone: 965657782

2. Identificação da Prática de Qualificação / Capacitação /Inovação Social

Identificação das áreas temáticas (Escolher a(s) opção/opções que melhor enquadre a prática): Desenvolvimento Local e de Base Comunitária, Inovação Social
Objetivos e finalidade da Prática: Democratizar a oferta de bens sociais e culturais a idosos (livros, internet e alfabetização funcional), de forma a minorar a apatia dos seniores conectando-os, pessoal e virtualmente, com outras pessoas. O projecto Itinerâncias Sociais e Culturais com Seniores Barrosões consubstancia-se numa unidade móvel/ carrinha itinerante que se desloca às várias freguesias do concelho, prestando um serviço em todo o município de forma barata dada a tecnologia e a capacidade de levar felicidade a todo o município que tem baixíssima densidade populacional. Actua em três vertentes: (1) Acompanhamento para a literacia funcional, usando uma unidade móvel; Ludoteca itinerante que transformaram em biblioteca itinerante, que leva dinamização a lares e centros de dia e; (3) Serviços de dinamização itinerante aliado à biblioteca nos locais diferentes do município.
[...]
(A restante informação encontra-se descrita no "Descritor da Prática" disponível em anexo)
Beneficiários e destinatários - público-alvo: Seniores com idade igual ou superior a 55 anos e/ou reformados do concelho de Montalegre (+- 500).
Parceiros comprometidos com a prática [Indique as organizações comprometidas, formal e informalmente, com a prática]: São parceiros do Itinerâncias: as IPSS, Associações, Juntas de Freguesia do concelho de Montalegre
Identificação do Princípio(s) em que a prática se inscreve. Selecione uma ou mais das seguintes opções: Inovação Social

3. Fundamente a(s) escolha(s) acima referida(s): apenas o princípio que quer ver referenciado ou reconhecido

4. Caracterização e Construção da Prática

A que problema pretende responder? Que solução foi implementada?: Pretende-se dar uma resposta social aos seniores do concelho, proporcionando-lhes um Envelhecimento Activo.
Que competências foram necessárias para a construção da prática?: Conhecimento do terreno (comunidade);
Conhecimentos no âmbito da Gerontologia;
Conhecimentos na área da Educação de Adultos e Intervenção Comunitária;
Domínio de pedagogias e técnicas de acção, designadamente a animação comunitária;
Técnicas de trabalho em rede;
Trabalho em equipa pluridisciplinar;
Como foram envolvidos os beneficiários e destinatários da prática?: Foram envolvidos através do trabalho em equipa com os técnicos das instituições. Na base está um plano de actividades orientado às suas necessidades, expectativas e motivações.
Que metodologias e instrumentos foram utilizados?: Metodologia de intervenção de acção, com recurso a vários meios. Destaque para o uso das Novas Tecnologias.
Que dificuldades e obstáculos foram encontrados? Quais as formas encontradas para os superar?: sem informação
A prática contribuiu para o reforço das competências dos atores, agentes e organizações envolvidos na sua construção? Quais e em que medida?: Sim. O trabalho em rede e em equipa promove a coesão e participação social. A troca e partilha de saberes e experiências entre os técnicos é a base da construção das práticas. Regista-se um forte envolvimento por parte dos “parceiros”.
A prática demonstra valor e mais-valias que garantem a sua autossustentação e viabilidade?: Sim. O investimento é suportado pelo município (Orçamento ) . O Município, materializa assim uma verdadeira política de acção e democratização social e cultural dirigida aos Séniores do concelho - Montalegre.
Liste e anexe evidências relevantes para aprofundamento da prática (links sites, fotografias, documentos resumo, documentos síntese de avaliação, testemunhos, notícias, etc.: Descritor da Prática

https://www.google.pt/search?q=itiner%C3%A2ncias+sociais+fotos&espv=2&biw=1280&bih=641&tbm=isch&imgil=

https://www.youtube.com/watch?v=LCoMXIrTkAw

Certificado ES+

Publicação MIES

Anexos

Descritor-da-pru00e1tica.pdf

5. Transferência, Incorporação e Disseminação da Prática

Em que medida pensa que a prática pode ser útil a outras organizações?: Pode ser útil, porque a realidade dos Séniores portugueses é semelhante, transversal às diferentes comunidades. Esta prática poderá enformar, “inspirar” políticas sociais de proximidade.
Em que medida estaria disponível para apoiar uma adaptação da prática a outros contextos ou trabalhá-la em parceria com a Rede ANIMAR?: Partilhar a experiência (conhecimento e saberes), comunicação em momento próprio;

Formação acção aos agentes implicados;
Mostrar Entrada no Site: Sim, quero mostrar a minha entrada no site

Redes e Parcerias

Parceiro1 Cases   Parceiro2 Ripess   Parceiro3 CNES   Parceiro4 Comuna Carta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

 financiadores02 financiadores03 financiadores04