projetos terminados f4d9a9

Projetos Terminados

RedeCool ajuda jovens até aos 30 anos na procura de emprego (Povo da Beira, 3/3/2015)

O desemprego é um flagelo social que tem vindo a afetar cada vez mais os jovens. Contudo, os jovens albicastrenses em situação de desemprego, fragilidade social ou precariedade económica, dos 18 aos 30 anos, podem agora contar com uma ajuda preciosa nesta luta diária da procura de emprego. O projeto RedeCool chegou a Castelo Branco.

“A finalidade é ajudar os jovens a inserirem-se no mercado de trabalho. Os jovens, quando saem da escola, sentem dificuldade a arranjar emprego, por isso, a RedeCool vai ajuda-los ou, pelo menos, dar um impulso”, explicou Zélia Duarte, coordenadora do projeto.

Na sessão de apresentação da RedeCool, que decorreu na passada quinta-feira, dia 26, na Biblioteca Municipal, Zélia Duarte informou que os jovens podem entrar em contacto com a Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense ou com a Associação Eco-Germinar, as duas entidades que localmente promovem o projeto, para efetuar a inscrição.

As duas entidades contam com a parceria da ACICB - Associação Comercial e Industrial de Castelo Branco, a Câmara Municipal de Castelo Branco e IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude e é dinamizado a nível nacional pela ANIMAR - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local, em parceria com a CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, tendo sido aprovado no quadro do Programa Cidadania Ativa, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian e financiado pelo EEAGRANTS.

Marco Domingues, da Associação EcoGerminar, sublinhou as parcerias estabelecidas sendo uma mais-valia para o projeto. Carlos Faria, diretor do Instituto de Emprego e Formação Profissional de Castelo Branco, também marcou presença nesta sessão, apesar de ainda não haver parceria oficial entre o IEFP e a RedeCool.

“Quando falamos de jovens e de emprego, o IEFP tem de estar presente. Este é um projeto dedicado aos jovens e temos um conjunto de medidas, como o Programa Garantia Jovem, para que estes tenham um futuro melhor. A nossa missão é informar e é com esse intuito que cá estamos”, referiu Carlos Faria.

Voluntariado é fundamental

De acordo com Zélia Duarte, o voluntariado é fulcral para o mercado de trabalho, já que, através de trabalhos voluntários, os jovens adquirem competências que facilitam no momento de procura de emprego.

“Por vezes olhamos para o voluntariado como trabalho grátis, mas ganhamos competências, é bastante enriquecedor. Não encarem como uma chatice, mas como algo que vos ajuda no mercado de trabalho”, aconselhou a coordenadora do projeto RedeCool, aos jovens da ETEPA presentes na sessão.

Para além disso, Zélia Duarte recomendou aos jovens que tenham uma participação ativa na comunidade, pois é importante que os jovens deem os seus pareceres nas associações.

A coordenadora informou ainda que no próximo dia 23 às 14 horas, o Cybercentro vai receber um encontro com os jovens e com o núcleo de Castelo Branco do projeto RedeCool, de forma a “discutir aspetos que sejam mais interessantes, fazer um levantamento das reais necessidades dos jovens”.
“Só percebendo as necessidades, poderemos dar respostas. Posteriormente haverá um acompanhamento individualizado”, 
declarou Zélia Duarte. ■

Patrícia Calado

Redes e Parcerias

Parceiro1 Cases   Parceiro2 Ripess   Parceiro3 CNES   Parceiro4 Comuna Carta Portuguesa para a Diversidade

Financiado Por

 financiadores02 financiadores03 financiadores04